Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
A ODIR MILANEZ DA CUNHA Sonetos 30/10/17 29
CLÁUDIA CARTAXO (Homenagem merecida) Sonetos 18/10/17 19
NAS VOLTAS DO TEMPO Sonetos 11/10/17 11
UM ABRAÇO APERTADO Sonetos 12/07/17 30
O CANTO IMAGINÁRIO DE UM POETA APAIXONADO Sonetos 07/08/16 30
CORAÇÃO DESATINADO Sonetos 07/08/16 19
ONDAS... Sonetos 22/04/16 41
A POESIA TEM DOCE FEITIÇO... Sonetos 15/03/16 41
DEIXA QUE EU AME MÃE! Sonetos 03/01/14 34
INCAPAZ DE SONHAR Sonetos 15/11/12 49
ISTO É SUSTENTABILIDADE Sonetos 15/11/12 52
LEMBRANDO UM CERTO OLHAR Sonetos 16/06/12 34
Me Enrosco em Teus Lençóis Sonetos 29/04/12 41
ASSIM, É MALVADEZA!!! Sonetos 20/09/11 41
BELEZA EM POESIA Sonetos 14/07/11 50
O SOL E A CHUVA Sonetos 30/04/11 46
SAUDADE DO CANDEEIRO Sonetos 09/03/11 81
AVALIAÇÃO SONETADA Sonetos 01/03/11 24
O RIO PIRARI Sonetos 24/01/11 29
RIACHO DOS MEUS AMORES Sonetos 19/12/10 30
Página 1 de 3 1 2 3 [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.