Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
Seu Fortunato, o meu pai, era contador de históras Cordel 22/03/12 121
UM ANO REPLETO DE SAUDADE E DOR (homenagem em galope à beira-mar) Cordel 30/07/11 119
ORÍGEM DO SÃO JOÃO Poesias > Regionais 27/06/07 118
SAUDADES DOS MEUS VELHINHOS Cordel 17/02/14 117
LEMBRANÇAS DO MEU LUGAR Cordel 19/06/07 117
CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Pensamentos 08/05/09 112
A EDUCAÇÃO DO JOVEM NA REPÚBLICA DE PLATÃO - Folheto II (atualizado) Cordel 22/09/08 112
NORDESTE ESQUECIDO Poesias > Bucólicas 10/05/06 111
VIVA LAMARCA! Poesias > Recordações 21/04/06 111
A MULHER QUE FOI ESQUECIDA NO POSTO DE GASOLINA Contos > Insólitos 15/02/10 110
COPA DO MUNDO 2006 (1º dia) Cordel 09/06/06 108
FELIZ ANO NOVO! Natal > Poesias 29/12/07 107
A SORTE DO SAPO Contos > Insólitos 15/04/06 107
AMOR INFINITO Poesias > Amor 21/10/08 105
DISCURSO DE POSSE NA ACADEMIA NORTE-RIOGRANDENSE DE LITERATURA DE CORDEL - ANLIC Cordel 09/01/12 104
“AS NOITES DE MAIO DA SINHÁ SANTINA” Poesias > Recordações 24/01/11 102
A MENINA QUE QUERIA SER ENGENHEIRA Cordel 15/02/18 101
SONETO DE SAUDADE I (Aos colegas Fernando Cunha Lima e Marli, do POESIA PURA) Sonetos 17/08/10 98
A VERDADEIRA HISTORIA DE FORTUNATO E MARIA Cordel 11/06/06 98
LEMBRANÇAS... (Uma introdução do pretenso livro.) Leia. Vale a pena Biografias 27/04/06 98
Página 6 de 23 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.