Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


RESPEITEMOS NOSSA TERRA, O PLANETA EM QUE VIVEMOS


RESPEITEMOS NOSSA TERRA,
O PLANETA EM QUE VIVEMOS

Por Rosa Regis

O nome Ecologia,
Do grego, significa
Mesmo: “estudo da casa”.
E o meu grito amplifica:
- Mas, o da casa de todos!
E o grito, em si, simplifica.

Assim sendo, Ecologia,
Na essência, quer dizer:
Estudo do Mundo. E aí
Devemos todos saber
Que o Mundo é nossa casa
E o temos que proteger.

E o nosso Mundo é a Terra,
O planeta em que vivemos,
Onde, para que a vida
Seja melhor, nós teremos
Que respeitá-la e cuidá-la.
Não só temos que, devemos.

Devemos saber que todos
Temos mesmo, por destino,
A dependência um do outro
Do maior ao pequenino.
Uma cadeia com elos
Criada pelo Divino.

Para melhor estudar
O Mundo faça-se, então,
Dos seres que o compõe,
No grosso, uma divisão,
Falando de como o homem
Provoca a degradação.

O Mundo dos Animais
É um mundo em expansão
Onde a natureza expressa
A diversificação
De bichinhos engraçados,
Alguns já em extinção.

E essa extinção se deve
A um deles que se sente
Com grande poder nas mãos
Por achar-se inteligente:
O homem, um ser pensante,
Porém muito inconseqüente.

O desamor que o homem
Carrega no coração
Pela natureza o faz
Um ser de destruição:
Com o mau uso das árvores,
A queima, a depredação.

Assim, ele contribui,
De uma forma cabal,
Com as doenças transmitidas
Por mosquitos e, afinal,
Sem qualquer dúvida com
O aquecimento global.

Vírus que não conhecia,
Na floresta, ele buscou:
O HIV da aids,
Por exemplo, que espalhou,
Com a caça dos chimpanzés,
Quando os aprisionou.

Em várias partes do mundo
Há grande devastação
De florestas, que o progresso,
Este ser sem coração,
Pratica às vezes usando
A própria Lei da União.

O Brasil, campeão de
Biodiversividade,
Como no resto do mundo,
Corre o risco, na verdade,
Com quatro dos seus biomas.
A culpa é da humanidade.

Pois a nossa Mata Atlântica,
Rica em seu manancial,
Tem tão só sete por cento
Da extensão original.
O Cerrado só tem vinte,
Sem invasão, do total.

A queima, o desmatamento,
A venda de animais,
Baixa cobrança de multas
Por crimes ambientais,
São coisas que me enjoam
Pois o descaso é demais.

E o que podemos fazer
Para poder ajudar?
Usemos a consciência,
Sempre evitando comprar
Produtos de origem dúbia
E busquemos reciclar.

A reciclagem e a denúncia
Por crimes ambientais,
O respeito aos nossos rios
E aos hortos florestais,
Já será um grande passo!
Se você faz e eu faço
É incentivo aos demais.

FIM

Rosa Regis



Natal/RN
Setembro de 2008? Acho que sim
.
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 14/11/2008
Alterado em 21/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.