Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


UM PROJETO CULTURAL
QUE É A CARA DO NORDESTE

( Cultura no Trem )
Por Rosa Regis

Buscando divulgação,
A nossa SPVA
Procura a CBTU
Pra com ela se aliar,
Propondo uma comunhão
Que promova a expansão
Da Cultura popular.

Seria feito um trabalho
De expansão cultural
Não só dentro da metrópole
Da nossa bela Natal,
Porém, de modo que o Estado
Se visse todo engajado.
Era esse o ideal.

Aos usuários dos trens,
Nossos poetas, cantores,
Palhaços, sambistas e,
Também, os emboladores,
Vêm mostrando com presteza
Que são astros, com certeza!
Da Cultura, os fazedores.

Tão só Cinqüenta Centavos
O usuário terá
Que despender do seu bolso
Com a passagem, que dará
A si, de volta, o prazer
De um dia de lazer
Que jamais esquecerá.

Este importante projeto
Cultural foi abraçado
Pela STU/NAT
Que enxerga longe e alongado
Vendo o transporte dos trilhos
E a cultura dando brilhos
A cada olhar já cansado.

Por outro lado, a nossa
SPVA, também,
Sente-se agraciada
Pelo espaço que ela tem
Dentro desta Companhia.
Pois que esta nos propicia
Um Sarau dentro do trem.

Fazedores de cultura,
Têm como objetivo
Tão somente apresentar
Seu trabalho artístico ao vivo.
E, quem sabe se algum dia,
Assim, não colhe a alegria
De ver-se no mundo, ativo!

São, pois, todos voluntários,
Os que aqui se apresentam
Alguns, sequer têm salário!
Mas nem do fato comentam.
Vêm no Trem se apresentar,
O melhor de si mostrar.
E com isso se contentam.

E O “CULTURA NO TREM”
Tem como fim alcançar
Os usuários normais
Mas quer, também, conquistar
Alunos, e professores
Da rede pública - senhores
Na função de ensinar,

É um projeto que tem,
Como pretensão, criar
Oportunidades para,
Com galhardia, passar
A história da ferrovia
No Brasil que, hoje em dia,
Pouco ou mal se houve falar.

Em especial aqui
No Rio Grande do Norte
Já que é pouco difundido
Este tipo de transporte.
E nossos jovens precisam
De informações que visam
Dar-lhes, no estudo, suporte.

Um dos seus objetivos
É o voluntariado
De professores que vêm
Ao trem, intencionados
Em oferecer seus serviços
Assumindo compromissos
Sem serem remunerados.

Objetivando aulas
De campo na Estação
Central e dentro do trem.
É esta, pois, a intenção
Deste projeto bonito
Que, eu vos digo, acredito:
- Terá grande aceitação.

No último sábado do mês,
No horário comercial:
Natal-Ceará Mirim,
Ceará Mirim-Natal,
Vamos ao TREM DA CULTURA
Que é poesia pura.
Que é Espaço Cultural.

Neste sábado, 27
De dezembro, a edição
De número 11, traz,
Do ano, a última atração
Do trem urbano em Natal,
Hoje, tradicional
E em plena evolução.

É Natal, é alegria,
É fim de ano também,
É novo ano que surge,
Novo projeto que vem
Com a cara do Nordeste!
Este já passou no teste.
VIVA O “CULTURA NO TREM”!!



Natal, 21 de dezembro de 2008

Um maravilhoooooso e Feliiiiiz Ano Novo!
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 30/12/2008
Alterado em 15/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.