Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


HAMLET X ÉDIPO REI


RELATÓRIO DE HAMLET
Trabalho Universitário
(Comparando Hamlet, de Shakespeare
a Édipo Rei, de Sólfocles)



Tragédia de Shakespeare
Tendo, em si mesma, a marca
De uma das mais poderosas
Peças. Foi na Dinamarca
Que a mesma foi passada
E vários temas abarca.

A traição, a vingança,
O incesto, a corrupção
E a imoralidade,
Onde, por gana, um irmão
Mata o outro e se apropria
Do comando da nação.

Em Hamlet, como em Édipo
Rei, há tragicidade.
E tanto um como o outro
Tentam saber a verdade
Encoberta que o destino
Deu-lhes, por fatalidade.

Tirésias, contou a Édipo
O seu passado escondido;
O espírito de Hamlet pai,
Fala ao filho do ocorrido.
Num e noutro o passado é,
Finalmente, esclarecido.

A Rainha, mãe de Hamlet,
Casou-se com o cunhado,
Irmão do Rei falecido.
E à mãe de Édipo, foi dado
O destino de casar
Com o seu filho adorado.

A mãe de Hamlet toma
O veneno preparado
Para ele, adiando
O seu destino fadado.
E, como Édipo, ele vê
Sua mãe morta ao seu lado.

Hamlet deseja vingança
Pela morte do seu pai.
Édipo quer fazer justiça
E em grande trama cai,
Pois a teia do destino
O envolve, o marca, o trai.

Édipo fura os próprios olhos
Para esconder-se à desgraça.
Hamlet ingere o veneno,
Sem querer, pois foi trapaça.
Porém, pra ele, é o fim
Porque a morte o enlaça.

São histórias diferentes
E de épocas bens distintas
Porém que têm ligações
E são pintadas com tintas
Que nos levam a comparar
As duas, e a encontrar
Numa e noutra as mesmas fintas.


Rosa Regis

Natal/RN - 15.12.2009
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 22/02/2010
Alterado em 05/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.