Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


SONETO DE SAUDADE I
(Aos colegas Fernando Cunha Lima e Marli,
do POESIA PURA)





Aos meus queridos colegas, agradeço
O abraço fraternal em poesia
Que mostra na tristeza e na alegria
O quanto é importante ter apreço.

Neste momento em que inda padeço
Nas carnes a perda do meu filho
Essas palavras têm som e brilho
Do Amor Maior que nem sei se mereço.

Oh, meus queridos, de todo coração
Agradeço, tremendo, a atenção
A esta mãe que a fé não conseguiu

Ainda consolar tão plenamente,
Que ainda tem acesa em sua mente
A imagem do filho que partiu.




Rosa Regis

Natal/RN - 17 de agosto de 2010.
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 17/08/2010
Alterado em 14/12/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.