Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


TRISTE ESTRIBILHO
(um PRESENTE de Fernando Cunha Lima
que passo como PRESENTE para todos do Recanto)




O choro duma Rosa me comove,
Lágrimas de sangue em cor vermelha
E o olhar no pranto se espelha,
Mostrando quanto no seu peito chove.

Somente o amor a dor remove
E não morre vira uma centelha,
Do carinho de mãe, mel de abelha,
Que numa provação seu peito prove.

O Deus em solução seu ar renove,
Embora sua ação não se aprove,
Por não saber-se qual o estribilho.

O mesmo Deus a força te dará,
Com sua proteção te mostrará:
Ninguém nasceu pra enterrar um filho.



Rosa com meu abraço fraterno e
Solidário. 16-08-10.
Fernando cunha lima.
Para Rosa Regis pela perda do seu filho.
Fernando Cunha Lima
Enviado por Rosa Regis em 17/08/2010
Alterado em 31/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.