Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


 
          A ANLIC acaba de perder um dos seus membros, que se foi deixando saudades aos seus familiares que sempre o amaram e aos seus colegas em poesia e em literatura de cordel.
          Aldivam, como pesquisador era um verdadeiro poeta. Eu não o conhecia há muito tempo mas, pelo pouco tempo de contato, percebi o quanto era sensível e amante da paz.


Foste embora meu amigo
Deixando em nós a saudade
Do poeta, tão querido
Colega de entidade.
Onde estás, tenho certeza,
Não há dores nem tristeza,
Só a Eterna Bondade.
 
Chamado fostes, eu sei,
Pelo Pai da Criação,
De quem, é certo, terás
Como apoio, a Sua Mão
Que os teus passos guiará
E te direcionará
Com amor, carinho, atenção.
 
Segura na mão de Deus
E, confiante, terás
Ao lado dEle o carinho
Que necessário se faz
Pra que possas acessar
O AMOR MAIOR que vai dar
A ti a ETERNA PAZ.
 
Tua esposa, filhos e filhas,
Todos os familiares,
Teus amigos e parentes,
Com pensares singulares,
Despedem-se com carinho.
Que tu sigas teu caminho
São votos bem salutares.
 
 
                        
Rosa Regis
(ANLIC - Academia Norte-riograndense de Literatura de Cordel)
 
Natal/RN – 18/06/2012 
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 11/07/2012
Alterado em 29/07/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.