Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


UM ABRAÇO APERTADO

(Um comentário/Homenagem ao soneto PEDINDO UM ABRAÇO,
do meu amigo Poeta/Médico: Fernando Cunha Lima)

 


Um grande abraço, um abraço apertado!
Eu mando ao meu amigo mais querido.
Abraço carinhoso e merecido
De forma sonetada com cuidado.
 
Um abraço, sentindo-me ao seu lado,
Curtindo seu poema ao pé do ouvido
Lembrando o meu abraço preterido
Que encheu meu ser de dor lá no passado.
 
Porém o tempo amigo aliviou
A dor do não querer que magoou,
Transformando-a apenas em saudade.
 
Teu “PEDIDO DE ABRAÇO” de amizade
Fez-me entender a preciosidade
Do sentimento nobre que ficou.
 
 
Obrigada amigo!!
 

Rosa Regis
Natal/RN - 12.07.2017

 
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 12/07/2017
Alterado em 14/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.