Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


Será que vale esperar
Por alguém que não me deu
O valor que eu merecia,
Sem nem ligar se doeu
Quando se foi me deixando,
Nem o que depois ocorreu?
 
Valeria mesmo a pena
Esperar por quem não vem?
Só porque nós desejamos
Ou porque queremos bem
Sem saber do sentimento
Que o seu coração contém.
 
Valeria ainda a pena
Conservar a esperança
De que um dia eu serei
Feliz qual uma criança
Ao conseguir conquistar
Uma vida leve e mansa?
 
Vale mesmo a pena a vida?
Pergunto-me todo dia.
Se a vida for bem vivida,
Diria que tem valia.
Mas o que me vale a pena
Para o outro, valeria?
 
Eu acho que vale a pena
Lutar com garra e vigor
Por tudo que vale a pena,
Principalmente o amor
Da pessoa a quem amamos
Ainda que cause dor.
 
Vale muito a pena rir
De bobagens vez em quando;
Também rir das coisas sérias
Que estejam ao seu comando.
Pois só assim conseguimos
Ir pelo mundo passando.
 
Vale a pena ser amigo;
Vale a pena perdoar;
Vale a pena divertir-se;
Vale a pena festejar
Com a família e com os amigos.
E vale a pena abraçar!
 
Ajudar quem necessita,
Vale muito a pena, sim!
Vale a pena ser feliz
Para você e pra mim.
A vida, em si, vale a pena!
Do começo até o fim.
 
E se lutar nessa vida
Vale a pena? Como não?
Sem luta a vida não tem,
Em si, nenhuma emoção!
Para viver bem a vida
Só com uma luta renhida
Onde manda o coração.
 

 
 
Rosa Regis
 
Natal/RN – 06/03/2018 - 23h24min.
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 26/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.