Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


É ASSIM QUE ME SINTO...

É como me sinto... um vulto que caminha
nesta vida sofrida que, de herança, tive
e que a minha alma lamentando vive
pela estrada longa e de sorte azinha.

O caminho é largo, mas estou sozinha
sem alguém do lado que minha alma ative
ou que ao meu ser, com amor, cative.
Assim é minha sombra, uma andorinha.

Uma andorinha que já não dá conta
do espaço a percorrer, de grande monta
para si, na secura do verão.

Uma andorinha que sabe voar
porém não sabe, para si, cantar
para alegrar seu pobre coração


Rosa Regis

Natal/RN - 20.03.2009 - 14:41h
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 20/03/2009
Alterado em 06/05/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.