Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


FALANDO DE AMOR



Falando de mim, falando de ti,
Falando do amor que por ti senti,
Revivendo o inferno em que me meti
Remoendo a dor de deixar-te aqui.

Chorando um tal dia que, aqui e ali,
Vem–me à lembrança: Aquele em que vi
Que estavas perdido para mim, e parti
Para sempre, deixando pra trás meu guri.

Serei eu, também, por meu bem lembrada?
Será que um dia também fui amada?
Quem me poderá dizer sim, ou não?

Como poderia viver conformada?
Contigo, meu bem, eu sonho acordada
Enquanto, de amor, chora o coração.



Rosa Regis

Natal, 21.05.2009 – 01:40h
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 21/05/2009
Alterado em 31/01/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.