Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


TU BUSCAS O TEU EU,
EU BUSCO O MEU


(comentando o O "EU" QUE BUSCO
de Danilo Louro, no POESIA PURA)


(I SELETIVA BECO DOS POETAS)

Tu buscas o teu eu, eu busco o meu
Que se perdeu em meio a multidão,
Porém a minha busca foi em vão,
Em meio a tantos eus, perdi o meu.

Assim, não sei quem sou. Isso me deu
Imensa sensação de solidão,
Senti meu solitário coração
Num pulsar descompassado que doeu.

Sem meu eu, não existo. Nada sou.
Mas, se o Nada é o Todo, lá estou
Neste NADA que o TODO representa.

E o meu Eu neste NADA está contido.
É meu Ser pelo SER sendo envolvido.
Afinal, a minha alma se acalenta.



Rosa Regis
Natal/RN - 09.02.2010 - 23:45
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 10/02/2010
Alterado em 12/02/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.