Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


TROVAS MELANCÓLICAS II

29.07.2009

Na estação da saudade
Peguei o trem da ilusão
E no vagão da maldade
Esqueci meu coração.

...
O navio da esperança
No cais do amor aportou
Em seu convés só lembrança
Do meu bem que não voltou
.
...
Julho de 2009

O barquinho da saudade
Navega em mar de ilusão
A sua carga, em verdade,
Meu dorido coração.


ROSA REGIS
Natal-Brasil
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 15/07/2010
Alterado em 16/02/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.