Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


TRISTE ESTRIBILHO
(um PRESENTE de Fernando Cunha Lima
que passo como PRESENTE para todos do Recanto)




O choro duma Rosa me comove,
Lágrimas de sangue em cor vermelha
E o olhar no pranto se espelha,
Mostrando quanto no seu peito chove.

Somente o amor a dor remove
E não morre vira uma centelha,
Do carinho de mãe, mel de abelha,
Que numa provação seu peito prove.

O Deus em solução seu ar renove,
Embora sua ação não se aprove,
Por não saber-se qual o estribilho.

O mesmo Deus a força te dará,
Com sua proteção te mostrará:
Ninguém nasceu pra enterrar um filho.



Rosa com meu abraço fraterno e
Solidário. 16-08-10.
Fernando cunha lima.
Para Rosa Regis pela perda do seu filho.
Fernando Cunha Lima
Enviado por Rosa Regis em 17/08/2010
Alterado em 31/01/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.