Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


 
UM SINDICATO DE GARRA
DESDE A SUA CRIAÇÃO


De: Rosa Ramos

Meu Bom Deus, Pai Criador
Deste Universo sem par
Dai-me o saber necessário
Para que eu possa falar
De um sindicato arrojado
Que nunca ficou calado
E nem deixou de lutar.

SINTEPE, é o sindicato
Do povo da Educação
Do Estado de Pernambuco
Que eu, nesta ocasião,
Propus-me, um pouco, falar
Pra poder participar
Deste concurso em ação.

Fundado, faz Vinte anos,
Continua firme e forte
Para alegria de todos
Os sócios que sabem: sorte
Têm por sabê-lo honesto,
O que o leva, de resto,
A tê-los como suporte.

É uma entidade civil
De caráter sindical,
Sem interesse econômico
Ou lucros de capital,
Isento de preconceito,
Mas que defende o direito
Do educador, no geral.

Tem como finalidade:
Fazer a congregação
De todos que são ligados
À rede de educação,
Seja a nível estadual
Ou seja municipal.
Esta é a sua intenção.

E aí, O cultural
Intercâmbio com entidades
Congênires, o porá forte
Pras duras realidades
Que poderão advir,
E poderá intervir
Nas muitas atividades.

Então, poderá lutar
Por condições e direitos
Do trabalhador do Estado
Fugindo aos temas suspeitos,
E buscando a solução
Para a nossa Educação.
Nos deixando satisfeitos.

Representando, com amor,
Todos da educação
Perante as autoridades
Do comando da Nação;
E propondo alternativas
Que tornarão mais ativas
As vias de formação.

Prestando apoio aos seus sócios
Em qualquer ocasião;
Garantindo a liberdade,
Que eles tem, de expressão;
Sempre disposto a ajudar
Para solucionar
Problemas da educação.

Vem propor alternativas
Para que, na educação,
Possam ser solucionados
Problemas "sem solução";
Vindo também apoiar
Grupos que venham formar
Uma nova organização.

Ao propor alternativas
Promove, também, ações
Que dá a todos os sócios,
Ante as considerações,
A confiança devida
Pelos mesmos, requerida.
Disto, dão demonstrações.

Não importa convicções
Políticos-partidárias
Ou mesmo religiosas,
Pra si, são desnecessárias.
Ele não tem preconceito,
Foi servidor, tem direito!
As decisões são sumárias.

E também tem que lutar
Por melhores condições
De trabalho onde haja
Dignas remunerações.
Assim irá condizer
Com o que propaga e trazer
Alegria aos corações

Lutar pela garantia,
De uma forma geral:
Do aperfeiçoamento,
Onde o profissional
Sinta-se atualizado.
Assim sendo, preparado
Para o trabalho afinal.

É assim que o SINTEPE age.
Olhando a necessidade
Que o trabalhador possui
Luta, pois, com lealdade,
Defendendo imediatos
Interesses que, de fato,
Tratam da realidade.

E a classe trabalhadora,
Para a concretização
Das coisas que lhe interessa,
Busca, pois, a proteção
Do seu Sindicato, que
Bem antes já antevê
O pedido, e dá a mão.

Luta pela educação
Pública de qualidade;
Pela Classe trabalhadora
Da Educação, em verdade,
Mostra que está sempre ativo,
Que não morreu, está vivo!
Supera a adversidade.

E o grande representante
Dos nossos trabalhadores
Da Educação, como um todo,
Merece nossos louvores.
Ao SINTEPE, pois, saúdo!
Assim, pequeno e graúdo,
Mandam-lhe salvas e flores.




Natal/RN - Setembro de 2010
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 01/12/2010
Alterado em 28/02/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.