Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos



O POR DO SOL EM NATAL I


Uma beleza que não há como descrever!
O chumbo e bege das nuvens,
é iluminado por um contorno de luz forte prateado-dourado
que refletem a luz do Sol
que, aos poucos, se vai a esconder-se no horizonte.
Sua luz vital torna as nuvens que o cercam iluminadas,
dando a impressão de que estão acesas.
Não há como descrever de forma completa.
A beleza do sol poente é indescritível.
É indizível!
Ela toma nosso ser, nos encanta!
Enche nossa alma de luz,
de beleza,
de paz...
De Deus!




Natal/RN
16 de janeiro de 2010
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 06/12/2010
Alterado em 16/08/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.