Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


HOMENAGEM A ADEMAR MACEDO

Ouvindo um "Cabra da Peste"
Como Ademar, eu me orgulho
De ser cria do Nordeste!
Lágrimas de emoção debulho.

Rosa Regis

Natal/RN
26.07.2011
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 26/07/2011
Alterado em 28/09/2011


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.