Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


UM ABRAÇO APERTADO

(Um comentário/Homenagem ao soneto PEDINDO UM ABRAÇO,
do meu amigo Poeta/Médico: Fernando Cunha Lima)

 


Um grande abraço, um abraço apertado!
Eu mando ao meu amigo mais querido.
Abraço carinhoso e merecido
De forma sonetada com cuidado.
 
Um abraço, sentindo-me ao seu lado,
Curtindo seu poema ao pé do ouvido
Lembrando o meu abraço preterido
Que encheu meu ser de dor lá no passado.
 
Porém o tempo amigo aliviou
A dor do não querer que magoou,
Transformando-a apenas em saudade.
 
Teu “PEDIDO DE ABRAÇO” de amizade
Fez-me entender a preciosidade
Do sentimento nobre que ficou.
 
 
Obrigada amigo!!
 

Rosa Regis
Natal/RN - 12.07.2017

 
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 12/07/2017
Alterado em 14/07/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.