Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


 
Apesar da origem pobre,
Meu coração se enobrece
Quando me ajoelho, em prece,
À Mãe do vassalo ou nobre
Que com seu manto nos cobre,
Fazendo o azarado eleito
Quando este, com efeito,
Descobre o valor do amor.
Isso me fez sabedor:
Tenho um tesouro no peito.
 
Quando pequenina, ainda,
O meu pai fez-me entender
Que o amor - o bem-querer´
É uma jóia rara e linda
De uma importância infinda!
Quem o possui é eleito
A ser feliz, com efeito.
Sendo assim, digo-me nobre:
Apesar da origem pobre,
Tenho um tesouro no peito.


 
Mote: Marcos Medeiros
Glosa: Rosa Regis

Natal/RN - Brasil
s/data
Rosa Regis e Marcos Medeiros
Enviado por Rosa Regis em 17/06/2020
Alterado em 20/06/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.