Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos


Minha memória cansou
Não consigo mais pensar,
Sequer consigo lembrar
De algo que machucou
O meu ser, me magoou
Em dado e triste momento,
Provocando-me tormento.
Criei um decreto-lei,
Finalmente, e me livrei
De carregar pensamento.
 

De tanto pensar na vida
Vi-me, sem querer, cansada,
Desencantada, enfadada,
Sem vontade, combalida...
Sentido a alma ferida,
O espírito pachorrento
Buscando recolhimento,
Esquecendo o que passou
Minha memória cansou

De carregar pensamento.


Mote: Marcos Medeiros
Glosa: Rosa Regis

Natal/RN - Brasil
s/data
Rosa Regis e Marcos Medeiros
Enviado por Rosa Regis em 19/06/2020
Alterado em 20/06/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.