Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.
Rosa Regis Brincando com os Versos
Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
NOSSO ALUIZIO MATIAS
   É FIGURA CULTURAL
 
   
 HOMENAGEANDO
       
 ALUIZIO MATIAS DOS SANTOS
(Aluízio Mathias)
 
 
Dia quatro de Novembro
Do ano Sessenta e Dois
Nascia um belo menino
Que se soube bem depois
Um amante da Cultura
E da Poesia pura.
Eu sei. É certo. Vós sois!
 
Do Grupo Cabra fez parte
Lá pelos Anos Setenta;
Envolveu-se na cultura
E até hoje acalenta
O desejo de fazer
Todo mundo se envolver
Com o poetar que “alimenta”.
 
Através da oficina
De criação Aluá
Edições Alternativas
Que ele ajudou a fundar,
Divulgou a Poesia
Marginal – para alegria
De quem queria alternar.
 
CDHMP,
[i]
Seu local de atuação,
Ali é seu Secretário
Executivo em ação,
Onde está sempre disposto
E trabalhando com gosto
Sem qualquer reclamação.
 
Premiado pela ONU
Como Alto Comissário
Em defesa dos direitos
Humanos... É humanitário!
Sempre amou e defendeu
Aquele que careceu,
Não tendo dia ou horário.
 
Hoje, um dos coordenadores
Do Tecido Cultural
[ii].
Além disso, é jornalista,
Atuante no Jornal
De repórter, redator...
E de comunicador.
Tudo pelo social!!
 
Secretário Executivo
Do CENARTE
[iii]. É fundador
Do DHnet
[iv], e foi
O grande organizador
Da edição da POESIA
CIRCULAR
[v] – Antologia
Que organizou com amor.
 
É do Fórum Social
Mundial, participante.
E no Fórum Social
Potiguar sempre atuante,
Tal como do Brasileiro,
Do Mundial... Um guerreiro
Que luta e vai adiante.
 
Conselheiro Nacional
Do MNDH
[vi],
Já presidiu o Conselho
Estadual – CEDH
O Projeto MOVA Brasil
[vii]
Coordenou com o perfil
De alguém que faz e fará.
 
Produtor e agitador
Cultural, sempre atuante
Onde quer que haja um ponto
Que lhe sirva, segue adiante...
O nosso homenageado
É um homem fissurado
Na Cultura. Um seu amante.
 
Organizou Festivais
Em locais especiais:
No Bosque dos Namorados
No Forte
[viii] e outros mais...
Na Cidade da Criança...
Ele é um sábio e alcança
Levar saber aos demais.
 
Da criação da COOART
[ix]
Teve participação
Tendo o Conselho Fiscal
Confiado à sua mão.
Com outros também fundou
Um projeto inovador
Que amou de coração.
 
Projeto Engenho de Sonhos,
Que era sócio cultural,
Localizando-se na
Zona Oeste de Natal,
Um projeto, que o nome diz,
Visava tornar feliz
A cada um como tal.
 
Participa ativamente
Do Dia da Poesia
Desde o ano 78
[x].
Isto lhe traz alegria.
Os eventos acontecem
Em 14 de março e crescem
Por toda a extensão do dia.
 
Suplemento de Poesia
Do Diário de Natal
(Caderno Muito) e, também,
Suplementos sem igual:
Como o Poesiativa
Que era a poesia viva
Lá no Jornal de Natal.
 
E em 2014,
No Suplemento Viver
De Poesia da Tribuna
Do Norte, para trazer,
Aos leitores mais sensíveis
As poesias incríveis
Que os fazia enternecer.
 
Do Cine Clube Natal
Foi um dos seus fundadores,
Já no Conselho Fiscal
Junto com seus diretores.
Sem qualquer bajulação:
É diretor da União
Brasileira de Escritores
[xi]
 
No ano 98
[xii]
O poeta participou
De um evento cultural
Que a Cidade
[xiii] sediou:
Foi a SBPC
Cultural. Digo a você:
Um evento que marcou.
 
Foi um dos coordenadores
Do evento de aniversário
Da tal instituição,
Cinquenta anos. Cenário
Pela UF
[xiv] sediado
E que até hoje é lembrado
Por muitos de modo vário.
 
No ano 2010
Aluízio participou
Da Sexagésima Segunda
SBPC e/ou
Coordenou um Stand
Na CIENTEC, onde expande
Um pouco do que estudou.
 
Ainda em 2010
Nosso amigo é premiado
O Ministro da Justiça
Faz dele um agraciado
Por ter prestado serviço
À Segurança
[xv]... Com isso
Foi ele homenageado.
 
Está entre os que fundaram
O chamado Setorial
De Cultura do PT.
E no momento atual,
Completando o corolário,
Aluízio é o Secretário
De Cultura Estadual
[xvi]
 
No ano 2011
Participou da COMPOR,
Cooperativa de Música,
Como sócio fundador,
De conselheiro fiscal
Como membro especial,
Qual seria um diretor.
 
Atualmente Aluízio
Matias, com seu valor
De estudante da vida,
De poeta e de escritor;
De Ser que ama outros seres,
De cumpridor dos deveres,
Da Política bom mentor...
 
Exerce um cargo importante
O de Coordenador
Onde a articulação
Traz o que tem de prior.
E a F J A
[xvii]
Com certeza lhe dará
As asas que o fará
Um ótimo articulador.
 
 
Rosa Regis
 
Natal/RN – 28/01/2017 – 01h:04min.
 
[i] CDHMP – Centro de Diretos Humanos e Memória Popular.
[ii] Ponto de Cultura Tecido Cultural
[iii] CENARTE – Centro de Estudos Pesquisa e Ação Cultural.
[iv]- DHnet – Rede de Direitos Humanos e Cultura.
[v] POESIA CIRCULAR- Antologia da Poesia do Rio Grande do Norte no ano de 1996, que foi publicada com apoio do extinto Programa Municipal de Cultura –PROFINC, cujo Projeto principal foi levar e divulgar a poesia potiguar nos ônibus de Natal e Parnamirim.
[vi] MNDH – Movimento Nacional de Direitos Humanos.
[vii] Projeto MOVA Brasil – em Natal, 2004, como educador.
[viii] Forte dos Reis Magos
[ix] COOART – primeira Cooperativa de Artistas do Nordeste.
[x] 1978
[xi] UBER-RN – União Brasileira de Escritores do RN
[xii] 1998
[xiii] A Cidade de Natal
[xiv] UFRN
[xv] Prestação de Serviço à Segurança Pública
[xvi][xvi] Secretário Estadual de Cultura do PT/RN
[xvii] F J A – Fundação José Augusto
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 15/05/2021
Comentários