Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.
Rosa Regis Brincando com os Versos
Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
AGORA...

AGORA...

Agora eu posso tudo!...
Mas... não posso nada!

Agora, eu posso partir
Sir por aí vivendo paixões
Sem obrigações
Sem deveres a cumprir...

...mas ... não posso nada!
Estou presa! Algemada!...
Às razões que não me deixam seguir.

Meu coração ama a vida
repleta de poesia...
de amor, de alegria!
Mas, a razão sem razão
Só diz não!

Ela é malvada!
Não quer vê-lo feliz.


Rosa Regis

Natal/RN...
Data? 2oo7?... 2008?... Não sei.
Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 04/05/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários