Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
A AVENIDA NOVE Poesias › Bucólicas 21/06/20 39
MONTANHAS Poesias › Bucólicas 05/09/19 66
ELE AINDA É MEU BEBÊ Poesias › Bucólicas 07/11/17 28
BONECA DE PANO Poesias › Bucólicas 06/11/17 36
BONECA DE MILHO Poesias › Bucólicas 06/11/17 228
NOSTALGIA Poesias › Bucólicas 02/05/13 55
SONHANDO NATAL Poesias › Bucólicas 28/06/12 39
O IPÊ ROXO (8º lugar na XVI FESERP) - leia e comente Poesias › Bucólicas 28/12/10 93
O TREM D'ÁGUA Poesias › Bucólicas 30/11/06 32
NORDESTE ESQUECIDO Poesias › Bucólicas 10/05/06 113
BEM-TE-VI I Poesias › Bucólicas 09/05/06 32
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.