Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
UM ABRAÇO APERTADO Sonetos 12/07/17 80
ENTREVISTADA POR THIAGO GONZAGA em seu Livro IMPRESSÕES DIGITAIS Entrevistas 26/04/16 80
O PIRES E A VELA Contos › Insólitos 26/04/06 80
O AMANTE DA POESIA... Cordel 15/02/12 78
MENSAGEM DE AMOR (poesia em décima - estilo martelo) Poesias › Regionais 20/01/10 78
PRÊMIO COSERN DE LITERATURA DE CORDEL (discurso em décimas de sete pés) Discursos 27/09/09 78
LEMBRANÇAS TRISTES Cordel 27/11/16 77
A HISTÓRIA DO AMOR MAIOR Cordel 23/12/12 77
A TUA AUSÊNCIA (ao meu filho - in memoriam) Sonetos 09/09/10 77
O CINZA DA SAUDADE Poesias › Saudade 21/01/13 76
CIDADANIA Poesias › Redondilha 22/02/10 76
O NATAL DO SENHOR Poesias › Paz 12/12/06 76
PRA QUE RECLAMAR DAS DORES? Cordel 17/09/17 75
SÃO SEIS ANOS DE SAUDADE Cordel 30/07/16 75
UM CORDEL EM HOMENAGEM A HILTON DA CRUZ GOUVEIA (cadeira 27 cedida à poetisa, cordelista e trovadora: Rosa Regis, no dia 05 de dezembro de 2009, na ATRN - Academia de Trovas do Rio Grande do Norte) Cordel 10/12/09 75
SONHEI CONTIGO Poesias › Amor 22/08/08 75
O AMOR À PÁTRIA (O Amor que Mata) Poesias › Dedicatórias 07/08/06 75
BOA NOTE À LUA Poesias 31/05/11 74
FREDERICA (Uma velha gata persa carinhosa/ que se foi deixando em nós muita saudade) Poesias › Saudade 05/10/10 74
CUPIDO MALVADO Sonetos 12/05/06 74
Página 9 de 23 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.