Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Pensamentos 08/05/09 113
É ASSIM QUE ME SINTO... Sonetos 20/03/09 32
MENINA-MULHER Poesias › Tristeza 20/03/09 48
PÉS QUE DEIXARAM SAUDADES Sonetos 21/02/09 30
DONA MILITANA É ROMANCEIRA POTIGUAR Cordel 13/02/09 1735
SAUDADES... Sonetos 30/01/09 38
QUE É A MORTE SENÃO UMA PASSAGEM? Sonetos 18/01/09 305
SEM CERCA E SEM PORTEIRA Sonetos 16/01/09 44
LAMPIÃO AINDA É VIVO NO CORAÇÃO DO NORDESTE (décimas de sete pés - 1º lugar na XIV FESERP - Acauã)) Poesias › Regionais 13/01/09 89
PASSEI (+ 1 vez) NO VESTIBULAR Homenagens 02/01/09 28
DEDILHANDO... Poesias › Amor 01/01/09 28
NOSSO "MARIA FUMAÇA" E AS LEMBRANÇAS ANEXAS Poesias › Saudade 31/12/08 32
MONTANHAS E NOVA CRUZ SÃO LIGADAS PELOS TRILHOS Sonetos 30/12/08 38
CULTURA NO TREM - UM PROJETO CULTURAL QUE É A CARA DO NORDESTE Cordel 30/12/08 109
HOSANAS NAS ALTURAS AO SENHOR! Sonetos 22/12/08 53
NATAL NA SPVA NO ANO 2008 Poesias › Redondilha 21/12/08 30
ALMA ALADA Sonetos 28/11/08 33
PALESTRA SOBRE LITERATURA DE CORDEL por Rosa Regis Redações 27/11/08 8345
APRESENTAÇÃO I (do meu livro: POVAREJO EM DOBRO Cordel 17/11/08 37
A INDIFERENÇA HUMANA DIANTE DO SEU IRMÃO Cordel 17/11/08 70
Página 14 de 24 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.