Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
8 de Maio, O Dia da Mulher Poesias › Dedicatórias 09/03/12 41
A C E R T E Z A Poesias › Transcendentais 22/04/06 22
A ALMA QUIETA CONTEMPLA DEUS Poesias › Espiritualistas 28/02/11 49
A ÁRVORE E O HOMEM Poesias › Transcendentais 27/04/06 32
A AVENIDA NOVE Poesias › Bucólicas 21/06/20 30
A CAMINHADA (parte de um trabalho pretencioso) Poesias 15/07/06 70
A CAMINHADA (continuação - dias: Poesias 19/07/06 338
A CINDERELA SONHADORA E O PRÍNCIPE QUE VIROU SAPO Poesias › Desilusão 14/03/17 60
A GALEGA DO ÔNIBUS (Poesia em sextilha no estilo cordel - Série: No Ônibus) Poesias › Redondilha 06/06/10 254
A HISTÓRIA DE SEVERINA E DE SEU NATANAEL (poesia estilo lit. de cordel) Poesias › Dedicatórias 15/07/10 65
A M E... Poesias 01/09/07 17
A NATUREZA CHORANDO, PEDE PRA SER PRESERVADA (Décima de sete pés) Poesias › Regionais 25/01/10 63
A PETULÂNCIA DO HOMEM Poesias 17/04/06 37
A POESIA TOMOU CONTA DE MIM Poesias 14/03/18 41
A ROSINHA APAXONADA Poesias › Regionais › Caipira 03/04/06 92
A SOPA DE PANDORA Poesias › Humor 19/12/06 53
AGORA... Poesias 04/05/08 5
ALGUMAS LETRAS QUE CAÍRAM... Poesias 30/09/08 11
AMOR E DESAMOR Poesias › Saudade 04/05/08 38
AMOR E SAUDADE Poesias › Amor 23/08/07 59
Página 1 de 10 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.