Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
AMOR E SAUDADE Poesias › Amor 23/08/07 60
AMOR INFINITO Poesias › Amor 21/10/08 108
ANGÚSTIA I Poesias › Tristeza 26/04/06 40
AO PRIMO SILVEIRA Poesias › Dedicatórias 20/06/06 43
AONDE FORAM AS IDEIAS?... Poesias › Transcendentais 12/10/17 32
APENAS UM ACIDENTE A MAIS Poesias 15/04/06 36
ARLETE (homenagem a uma amiga) Poesias › Amizade 22/12/07 70
AS FLORES Poesias 12/09/10 40
AS TRANSFORMAÇÕES NO PLANO ECONÔMICO E SUAS IMPLICAÇÕES (Numa forma atrevida de falar de Economia...) Poesias › Redondilha 20/07/06 87
AVISO DA NATUREZA Poesias › Surrealistas 16/05/06 63
BEM-TE-VI I Poesias › Bucólicas 09/05/06 32
BOA NOITE À LUA Poesias 05/10/08 17
BOA NOTE À LUA Poesias 31/05/11 77
BONECA DE MILHO Poesias › Bucólicas 06/11/17 221
BONECA DE PANO Poesias › Bucólicas 06/11/17 36
BORRÃOZINHO AMIGO Poesias › Humor 08/05/06 35
Brincando de roda, de anel, de boneca... Poesias › Recordações 09/11/08 47
C U L P A D A (Desabafo) Poesias 28/01/07 20
CAFÉ DE PILÃO Poesias › Regionais 02/12/06 34
CAUSA PRINCIPAL DA INTRANQÜILIDADE DA ALMA Poesias › Pensamentos 03/06/06 37
Página 2 de 10 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.