Sem noção de amor fraterno// O homem agride o irmão,// Num ato que mostra o inferno// Que trás em seu coração.

Rosa Regis Brincando com os Versos

Pensares que se transformam //espalhando poesia, //pegam carona no vento// enchem meu ser de alegria

Textos
Título Categoria Data Leituras
SONETO SOBRE UMA MAGNA AULA DE ROSA (de Fernando Cunha Lima) Sonetos 01/09/10 51
UM MÊS DE IMENSA SAUDADE (Décima) - Missa de trigésimo dia Poesias › Dedicatórias 31/08/10 89
ESPERANDO SER ATENDIDA PELA MINHA GERIATRA (Série Consultório) Cordel 19/08/10 56
DESPEDIDA DE ZULEIDE (em décimas de sete pés) Poesias › Saudade 18/08/10 44
TRISTE ESTRIBILHO (um PRESENTE de Fernando Cunha Lima que passo como PRESENTE para todos do Recanto) Sonetos 17/08/10 59
SONETO DE SAUDADE I (Aos colegas Fernando Cunha Lima e Marli, do POESIA PURA) Sonetos 17/08/10 99
DÉCIMAS DE SAUDADE (Ao meu filho Ângelo Ricardo-in memorian) Cordel 16/08/10 618
RESPEITO À DIVERSIDADE É DE NOSSA OBRIGAÇÃO ( feito para participar do IV Prêmio COSERN de Literatura de Cordel ) Cordel 08/08/10 3233
TROVAS TEMÁTICAS (Tema: A MADRUGADA) Trovas 31/07/10 53
O MENINO MENTIROSO QUE VIROU UM PEIXARÉ Cordel 22/07/10 1128
A LENDA DA PAPA-FIGO NA NATAL DE ANTIGAMENTE Cordel 20/07/10 2355
A HISTÓRIA DE SEVERINA E DE SEU NATANAEL (poesia estilo lit. de cordel) Poesias › Dedicatórias 15/07/10 65
TROVAS MELANCÓLICAS II Trovas 15/07/10 29
TROVAS MELANCÓLICAS Trovas 15/07/10 68
A ALMA QUIETA CONTEMPLA DEUS - Pensando com Miguel de Molino Pensamentos 05/07/10 73
MEU DEUS, A MINHA MENTE EMBOLOOU... Sonetos 07/06/10 31
A GALEGA DO ÔNIBUS (Poesia em sextilha no estilo cordel - Série: No Ônibus) Poesias › Redondilha 06/06/10 254
PORTEIRA em SONETOS (Fernando Clima, Odir Milanez e Rosa Regis) Sonetos 03/06/10 169
POETAS VIVOS (de Agslene, poeta, historiadora, professora) Poesias › Dedicatórias 02/06/10 22
CONSULTA AO PSIQUIATRA (Série Consultório) Cordel 31/05/10 353
Página 10 de 24 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Parei em mim, matutando// O que é certo ou errado// E acabei esnobando// Que estava ali ao meu lado.